Cyber Monday Sale Save up to 40% off unlimited courses, tutorials and creative assets. Cyber Monday Sale! Save Now
Advertisement
  1. Web Design
  2. Freelance

7 Perguntas para descobrir o que os clientes realmente querem

by
Length:MediumLanguages:

Portuguese (Português) translation by Paulo Regina (you can also view the original English article)

Cerca de dez anos atrás, depois de um dia de trabalho, entrei no mundo do web design freelancer. Honestamente, eu não tinha ideia do que estava fazendo, mas eu me joguei diretamente no fundo, então eu tive que aprender rápido.

Em primeiro lugar, ansioso para agradar, eu começaria os projetos simplesmente conversando com clientes sobre o que eles queriam e oferecendo uma taxa fixa com um número ilimitado de revisões para que eu pudesse garantir que entreguei algo que amava.

No entanto, logo descobri que as revisões ilimitadas quase sempre conduzem a projetos que arrastam muito tempo, bem como a pressão para fazer o trabalho gratuito: "Oh, você poderia apenas adicionar essa coisa extra, por favor?"

Estava claro que tive que reprimir as solicitações de revisão sem fim se eu quisesse ser adequadamente compensado por meu tempo. Eu tinha que descobrir o que as pessoas queriam na frente. Comecei a tentar investigar muito antes do projeto começar, mas muitas vezes eu obtive a resposta:

"Eu não sei o que eu quero. Você é o designer, apenas faça o que você pensa estar certo ".

Eu direi uma coisa agora: se um cliente diz que você nunca acreditou neles. Eles podem honestamente pensar que não sabem o que querem, mas não é verdade.

Leah Gaviota font on Envato Elements
Leah Gaviota fonte no Envato Elements

Quando eu ouvi essa resposta pela primeira vez, pensei: "Ok, bom, você é fácil de agradar!" E começo a trabalhar. Mas logo descobri que o panorama fácil normalmente dura apenas até que o cliente veja o design. Quando o fizerem, de repente serão imbuídos de criatividade e terão uma longa lista de instruções que geralmente envolvem você começando com seu novo influxo de ideias.

Os clientes sabem o que querem, mas ...

Eu percebi que os clientes realmente sabiam o que queriam, eles simplesmente não tinham o idioma para comunicá-lo na frente. Uma vez que eles viram um design, isso ajudou a dar-lhes palavras para descrever o que eles queriam, mesmo que apenas seja para dizer "Eu não quero isso".

Essa realização, por sua vez, me levou a entender que era meu trabalho dar aos clientes o idioma que eles precisavam. Quando eles dizem "eu não sei, você é o designer", o que eles realmente querem dizer é "Este não é meu campo, então eu não sei como dizer o que eu quero".

Depois de alguns testes e erros, desenvolvi um questionário que eu daria a cada cliente no início de cada trabalho, e eu não começaria até que fosse concluída. E, crucialmente, eu incluo exemplos de respostas para algumas das perguntas. Às vezes, uma pessoa não sabe como responder a uma pergunta até verem exemplos, e na ocasião eu veria os clientes simplesmente escolher uma resposta diretamente da lista que forneci.

Neste questionário, eu fazia várias perguntas sobre o layout e alguns outros pontos técnicos, mas o que realmente sentou as bases foram as perguntas que eu fiz no início do questionário em duas coisas: seu propósito para o site e o estilo que eles queriam.

Através deste questionário cheguei ao ponto em que todos os meus projetos funcionaram exatamente para agendar, e meus clientes ficaram consistentemente muito felizes com seus resultados. Ofereci uma revisão de até três por design, mas eu normalmente teria apenas uma única solicitação de revisão pequena, se houver.

Foram apenas sete perguntas para fazer isso acontecer, mas não deixe a simplicidade enganá-lo - essas questões, em conjunto com algumas outras coisas, são o que fez o meu tempo como um web designer freelancer bem sucedido.

Estas são as sete perguntas.

Secção A: Pergunte sobre o propósito

Como designers, às vezes somos tentados a colocar o cavalo antes do carrinho e priorizar como um site examina a razão de existir em primeiro lugar. A realidade é se você faz um site bonito que não alcança seus objetivos, você finalmente terá clientes infelizes. Mas mesmo que você crie um site que seja horrivelmente feio, mas recebe novos clientes, novos leitores e assim por diante o cliente estará em êxtase, volte para você para mais trabalho e recomendá-lo aos outros.

Q1: "Por favor, faça um resumo claro sobre seus objetivos para o site.

Esta é a coisa mais importante e absoluta que você precisa saber em qualquer site. Nada mais importa se você não sabe quais são os objetivos do site. É para espalhar informações sobre um tópico específico? É para aumentar a receita de publicidade? É para gerar ligacoes? É para proporcionar entretenimento?

Compreender os objetivos principais de um site é o fundamento de tudo o que você fará durante um projeto.

Q2: "Descreva seu público alvo / mercado"

Esta é a segunda questão mais importante, porque se você entender o tipo de pessoas que um cliente deseja alcançar, pode intuir o tipo de site que melhor alcançará isso. Uma compra de executivos para um iate irá responder a um tipo de site totalmente diferente do que uma compra pelos pais para os suprimentos para festas de aniversários dos miúdos.

Q3: "Que tipo de conteúdo terá seu site?"

Por exemplo:

  • Novas atualizações
  • Artigos de revisão
  • Produto / serviço de conteúdo promocional
  • Blogging pessoal / individual

Quando você sabe que tipo de conteúdo o cliente quer ter, você pode estruturar seu design em torno dele, particularmente o layout. O tipo de conteúdo também irá ajudá-lo a decidir sobre a aparência e o seu design também.

Q4: "Que ação(s) você deseja que seus visitantes façam?"

Por exemplo:

  • Produto de compra / serviço
  • Publicidade por clique
  • Solicitar cotação
  • Baixar software
  • Assine o boletim informativo

Se você deseja ajudar seus clientes a atingir os objetivos que descreveram na primeira questão, você deve entender as ações que eles desejam que os visitantes do site possam tomar.  Em essencialmente, cada projeto, seu trabalho número um como web designer é fazer com que os visitantes tomem uma determinada ação. Tudo o resto facilita este propósito.

Secção B: Pergunte sobre o estilo

O estilo é importante, depois de tudo é por isso que nos chamamos de web designers. No entanto, só é importante na medida em que ele suporta o propósito de um site. Você deve procurar criar estilos que ajudem a atingir os objetivos de um site, e enquanto você precisa projetar algo que agrada ao seu cliente pessoalmente, o que você realmente deve procurar é um estilo que atrai as pessoas que estão tentando alcançar.

Q5: "Em duas ou três palavras, descreva a sensação que deseja"

Por exemplo:

  • Liso e profissional
  • Brilhante e divertido
  • Sujo e subterrâneo

O estilo é um conceito muito lúcido, por isso às vezes você precisa encorajar seus clientes a mergulhar em algumas descrições lãs. Esta é uma questão em que ter algumas respostas de exemplo é realmente importante, porque, de outra forma, uma pessoa, muitas vezes, apresentará informações sobre o que deseja. Dê-lhes algumas possibilidades e você encontrará quase todos os clientes podem lhe dar uma descrição concisa da sua sensação preferida.

Q6: "Liste duas ou três cores que deseja"

Por exemplo:

  • Azul marinho e branco
  • Médio azul e laranja
  • Verde, amarelo e preto

Esta questão é muito útil se você conseguir uma resposta incluindo duas ou mais cores, pois é tudo o que você realmente precisa para a maioria dos projetos. Ainda mais útil é se o cliente vê a diferenciação entre "azul marinho" e "azul médio" no exemplo de respostas, então tenta seguir o exemplo e ser descritivo extra com suas cores.

Às vezes, você receberá alguém que apenas diz, "Azul", e nada mais. Neste caso, você pode extrair das outras perguntas que você pediu para tomar decisões mais detalhadas sobre o esquema de cores.

Q7. "Quais são alguns exemplos de sites que você gosta?"

Esta é uma ótima pergunta "se tudo falhar" para perguntar, porque mesmo se um cliente se esforça para responder a outras perguntas sobre o estilo, pode ser muito mais fácil para eles reconhecer algo que eles gostam e mostrar para você.

É provável que um cliente não conheça um site que eles gostem do topo da cabeça, então eu recomendo sugerir um par de lugares onde eles podem ir procurar designs, como o ThemeForest, por exemplo. Isso, é claro, não é assim, você pode duplicar os designs que eles gostam, mas para que você possa ter uma ideia do que ressoa fortemente com o cliente.

Embrulhar e dicas gerais

Se você fizer estas sete perguntas no início de cada projeto, você estará dando a seus clientes uma grande mão ajudando a comunicar-se com o que eles querem. Isso, por sua vez, irá ajudá-lo a manter seus projetos em um processo oportuno, e oferecer resultados que tornem seus clientes felizes.

Vou deixá-lo com algumas dicas gerais adicionais.

Marca existente?

Sempre pergunte ao cliente se eles têm, ou planejam obter, um logotipo. Se assim for, certifique-se de enviar-lhe esse logotipo antes de começar a trabalhar. A razão é que este logotipo já terá um certo estilo e paleta de cores, e muitas vezes você pode desenhar um site inteiro em torno dele. Por outro lado, um site projetado com um logotipo adicionado mais tarde pode entrar em conflito.

Obtenha essas respostas

E quando se trata de responder as suas perguntas, ocasionalmente pode achar que você tem um cliente que está muito ocupado ou que realmente não quer pensar muito em seu projeto no início, e envia de volta um questionário com algumas caixas de resposta vazias . Lembre-se sempre que as chances são muito altas, elas terão respostas para as perguntas depois de terem feito o trabalho se você não disser nada e continuar.

Se isso acontecer, respeitativamente pressione os clientes para responder a todas as perguntas e tente ajudá-los um pouco se estiverem tendo problemas. Se você tem alguém que realmente não responderá às perguntas, o que é muito raro na minha experiência, isso depende delas e é totalmente bom. No entanto, você deve ser muito claro com o cliente que, em vez disso, você tomará a decisão você mesmo, e mudá-lo mais tarde irá contar como uma revisão.

# Revisões

O que me leva à minha última dica para que os clientes possam comunicar o que querem: tenha um limite justo, mas rígido, nas revisões e tenha certeza de que o cliente está ciente disso desde o início. Quando alguém sabe que eles têm um máximo de três revisões antes de terem que pagar extra, eles vão pensar com muito cuidado sobre o que eles querem em vez de apenas improvisar sem considerar o seu tempo. Essa abordagem faz parte do porquê eu costumava ter apenas um pedido de revisão por trabalho, mesmo que os clientes pudessem ter usado três se quisessem.

Espero que você possa seguir esses métodos que eu usei para lutar e trabalhar muito para ser um freelancer feliz e independente e usá-los para o mesmo efeito em seu próprio negócio de web design. Boa sorte!

Advertisement
Advertisement
Advertisement
Advertisement
Looking for something to help kick start your next project?
Envato Market has a range of items for sale to help get you started.