Unlimited Wordpress themes, plugins, graphics & courses! Unlimited asset downloads! From $16.50/m
Advertisement
  1. Web Design
  2. WordPress
Webdesign

O Guia do Tradutor para Localização do WordPress (l10n)

by
Length:ShortLanguages:

Portuguese (Português) translation by Erick Patrick (you can also view the original English article)

Além dos recursos serem desenvolvidos e aprimorados o tempo todo, localização (l10n) é um dos fatores que fazem o WordPress e sua comunidade crescerem tanto, ano-após-ano, segundo Petya Raykovska em sua palestra no WordCamp Switzerland 2015. Até a publicação do artigo, o WordPress fala mais de 150 idiomas incluindo algumas que talvez nunca tenha ouvido falar antes: Javanês (jv_ID), Uigur (ug_CN) e Emoji (sim, Emoji é um idioma agora)

Algumas partes do WordPress, assim como projetos derivados, como temas, plugins e apps, continuam inacabados ou sem qualquer tradução. Nesse tutorial, mostraremos como começar a traduzi-los em nosso idioma.

L10n ou I18n?

Esse tutorial foca em localização (l10n) ao invés de internacionalização (i18n). A diferença é sutil, mas significativa.

  • Localização é o processo de adaptar um produto para diferentes idiomas e culturas. Tradução é parte do processo de localização.
  • Internacionalização refere-se à preparação do produto para ser localizado. Isso é mais relevante a desenvolvedores.

Nota: Ajude-nos a Traduzir a Envato Tuts+!

Você sabia que pagamos tradutores da Tuts+? Visite Junte-se à Equipe de Tradução da Envato Tuts+ para saber mais.

Help us translate Envato Tuts
Os tutoriais da Envato Tuts+ estão disponíveis em 41 idiomas diferentes

Começando

Projetos do WordPress são divididos em várias equipes, cada uma lidando com algo específico. A equipe responsável pela internacionalização e localização se chama de Polyglots, que significa, literalmente, "alguém que sabe ou usa vários idiomas".

Para começar, precisamos de uma conta do WordPress.org–não confundamos com WordPress.com. Após acessar, vamos para a página Traduzindo WordPress. Lá, encontraremos uma lista de idiomas que o WordPress foi traduzido.

A gray bar with three menu and a search input field and four rectangles holding various English translations

Com 150 idiomas registrados, é provável que o WordPress já esteja disponível em seu idioma. Caso contrário, pode-se requerer à equipe Polyglot para incluir uma nova localização. Após selecionar um idioma, selecionamos um projeto que queremos trabalhar entre as seguintes categorias:

  • WordPress
  • Temas
  • Plugins
  • Metas
  • Apps
Gray bar with three link menu and search input field and four rectangles holding WordPress projects
Lista de projetos na categoria WordPress.

Textos traduzíveis no WordPress são chamados de "cadeia de caracteres". No código fonte, elas são declaradas com a função GetText do WordPress, como __(), _x() e esc_html__(). Cada projeto pode conter várias cadeias de caracteres, como o Core do WordPress com aproximadamente 4000 delas, e cada uma é apresentada em uma linha, como abaixo.

A table consiting five rows and three two columns highlighted in green color
Lista de cadeias de caracteres traduzidas para o Japonês.

Cliquemos no link Detalhes na linha para começar a traduzir aquela cadeia de caracteres.

Traduzindo

Digitemos a tradução no textarea, considerando algumas coisas:

Guia de Estilo e Glossário

Cada projeto talvez inclua guias gerais ou de estilo, e um glossário. Guias gerais costumas ser sobre gramática, pontuação e consistência da tradução pelo projeto. O glossário é uma lista de palavras e frases com suas traduções padrões. Aquelas registradas no glossário serão mostradas nas cadeias de caracteres com uma dica, permitindo a fácil busca e uso por tradutores.

Glossário Japonês

Garantamos que nossa tradução segue o respectivo guia de estilo e o glossário, quando disponível. Adicionalmente, informação meta (o "Contexto", "Referência" e "Comentário") podem ajudar a manter a tradução.

Um cadeia de caracteres com comentário e contexto.

Caracteres Especiais

Algumas vezes, encontraremos caracteres especiais que não devem ser traduzidos, como o especificador de tipo usado nas funções sprintf e printf do PHP. Dado o exemplo da captura de tela acima, a sentença contem dois especificadores de tipo: %1$s e %2$s que são apelidos para o nome do script e a função do WordPress wp_enqueue_scripts, respectivamente.

Além do mais, embora seja desencorajado, algumas cadeias de caracteres em temas, plugins ou mesmo no Core do WordPress, ainda contem elementos HTML que não devem ser traduzidos. Por exemplo, não traduziríamos <strong></strong> ou <span></span>.

Um exemplo de elemento HTML em uma cadeia de caracteres no bbPress.

Termos e Frases Técnicas

Podemos encontrar termos e frases técnicas como "resource", "callback", "endpoint", "REST base", etc, que podem ser difíceis de traduzir corretamento no nosso idioma. Elas podem não ter sido adicionadas ao dicionário em alguns idiomas. Talvez estejam lá, mas o significado está fora do contexto doo WordPress ou apenas soa estranho.

Nesse caso, já vimos idiomas deixar esses termos em inglês. Mas, como somos familiarizados com o PHP, somos encorajados a ir ao código fonte ou buscar conselho dos Editores de Tradução Geral ou do Projeto, para escolher a melhor tradução possível dentro do contexto.

Exemplo de uma cadeia de caracteres em alemão mantendo o termo "Callback".

Editores de Tradução

Os Editores de Tradução Geral e Projeto são as pessoas responsáveis por manter a qualidade da tradução do idioma bem como pela formulação dos glossários e guias de estilo.

A diferença entre "Geral" e "Projeto" é que o Editor de Tradução Geral (GTE) trabalha com todas as categories. Eles podem revisar traduções em Temas, Plugins, Apps e WordPress. Os Editores de Tradução de Projeto apenas trabalham com uma ou duas categories. Encontre a equipe do seu idioma na página da Equipe de Tradução.

Nossa nova tradução, quando enviada, esperará pela revisão deles. Tenhamos em mente que é um projeto voluntário. Os Editores podem estar ocupados com outros projetos e obrigações, logo podem não estar disponíveis sempre para revisar novas submissões todos os dias. Sejamos pacientes.

Lista de cadeias de caracteres em Armênio sob revisão.

E Depois?

Recomendamos o envolvimento e dar um alô! A comunidade do WordPress é bem amigável e cheia de gente prestativa.

A equipe Polyglot, assim como as outras, estão disponíveis no canal #polyglots do Slack. Podemos entrar na conversa usando nossa conta do WordPress.org. A equipe também mantém um encontro semanal onde um dos líderes trata sobre problemas, atualizações, responde a perguntas e provê detalhes técnicos em relação a tradução do WordPress.

Além disso, a equipe também mantém um evento chamado Dia da Tradução do WordPress. O evento é transmitido ao vivo por 24h ,com sessões ensinando tradutores e desenvolvedores dicas e boas práticas para permitir seus plugins e temas serem traduzidos. O evento já foi feito por duas vezes. Em 2015 obteve 448 participantes de mais de 100 países e em 2016 os números dobraram.

WordPress, sendo um projeto gratuito e de código aberto, depende muito da contribuição da comunidade. Traduzi-lo em nosso idioma é uma ótima forma de participar do projeto mesmo que não sejamos familiares com código.

Recursos Adicionais

Advertisement
Advertisement
Advertisement
Advertisement
Looking for something to help kick start your next project?
Envato Market has a range of items for sale to help get you started.